Vacina da Gripe Intradérmica

A vacinação é, segundo a Organização Mundial de Saúde, o principal meio de prevenção da gripe e de redução do impacto das epidemias. Há diferentes vacinas disponíveis no mercado, utilizadas há mais de 60 anos, eficazes para prevenir a doença.

A vacina contra gripe NÃO causa a gripe, pois os vírus utilizados estão mortos e partidos em pedaços e, por esse motivo, não podem causar a doença.

a importancia de se vacinar

Fonte:
http://www.cdc.gov/vaccines/pubs/vis/downloads/vis-flu.pdf

A nova vacina contra gripe intradérmica com microagulha é: a primeira vacina do mundo com esse sistema e apresenta as seguintes características:

  • - Microagulha de 1,5mm (10 vezes menor que a agulha para administração intramuscular) e mais fina;
  • - Volume reduzido de administração: 5 vezes menor que o volume administrado por via intramuscular.
vacina intradermica com microagulha

Adultos saudáveis entre 18 e 59 anos podem se vacinar com a nova vacina influenza com microagulha. Caso estejam gripados ou resfriados, é recomendado aguardar uma melhora para que nenhum sintoma da gripe seja confundido com reação da vacina.

Esta vacina não deve ser utilizada em mulheres grávidas sem orientação médica.

quem pode se vacinar

Em Downloads ao lado é possível baixar a Bula da vacina influenza (fragmentada e inativada), administrada por via intradérmica.

A vacina contra a gripe é segura e é a melhor maneira de prevenir a doença. Porém, eventualmente, pode provocar reações que são, geralmente, leves. As mais comuns são dor, vermelhidão e endurecimento no local de aplicação, que podem ocorrer nas primeiras 72 horas após a vacinação. A febre como reação adversa vacinal ocorre em menos de 1% dos casos e reações alérgicas graves (anafilaxia) não são comuns. Acredita-se que as reações estejam associadas aos componentes vacinais, principalmente proteína do ovo de galinha (que é utilizada na produção da vacina), é essencial informar ao profissional de saúde seu histórico de alergia antes de receber a vacina.

Fonte:
http://portal.saude.gov.br/portal/saude/profissional/visualizar_texto.cfm?idtxt=31244

A vacina começa a ter efeito cerca de duas semanas após a vacinação - quando os anticorpos que fornecem proteção contra o vírus influenza se desenvolvem no organismo - e protege por até um ano. Como o vírus da gripe sofre mutações, a vacina contra a gripe é atualizada a cada ano para oferecer proteção contra os três tipos de vírus da gripe que apresentam maior circulação.

efeitos da vacina

Fontes:
http://www.cdc.gov/flu/protect/keyfacts.htmhttp://www.cdc.gov/flu/protect/keyfacts.htm
http://portal.saude.gov.br/portal/saude/profissional/visualizar_texto.cfm?idtxt=31244


Vacinas influenza causam gripe?

Não, pois as vacinas contêm vírus inativados (mortos) e partidos em pedaços e, por este motivo, não podem causar gripe.

Fonte:
http://www.cdc.gov/vaccines/pubs/vis/downloads/vis-flu.pdf

Topo Topo
Posso me vacinar quando estou gripado(a)?

É recomendado que espere a melhora do quadro clínico para que nenhum sintoma da doença seja confundido com evento adverso das vacinas.

Topo Topo
Quem pode tomar a vacina?

As vacinas influenza são recomendadas para ajudar na proteção contra a gripe. As vacinas podem ser administradas em crianças e adultos saudáveis, dependendo do produto e apresentação, e são importantes para imunização de pacientes que correm risco elevado de complicações associadas ao vírus da gripe, como portadores de doenças crônicas (diabetes, asma, insuficiência cardíaca e outras).

Topo Topo
Vacinação em gestantes

Informe ao seu médico se você estiver grávida ou acredita que possa estar grávida. Seu médico é a pessoa indicada para decidir se você deve receber a vacina influenza.

Topo Topo
Quando começa o efeito da vacina?

Cerca de 2 semanas após a vacinação, os anticorpos que fornecem proteção contra infecção por vírus influenza se desenvolvem no organismo.

Fonte:
http://www.cdc.gov/flu/protect/keyfacts.htm

Topo Topo
Quanto tempo dura o efeito?

As vacinas influenza protegem por um ano. O vírus da gripe é capaz de mudar suas características com muita frequência, por isso, a cada ano, é necessária a vacinação, pois a composição da vacina varia de acordo com os tipos de vírus influenza que estão circulando de forma predominante em ambos os hemisférios Norte e Sul.

Fonte:
http://portal.saude.gov.br/portal/saude/profissional/visualizar_texto.cfm?idtxt=31244

Topo Topo
A vacina da gripe é idêntica à do ano passado. Sendo assim, é necessária a revacinação?
Sim a revacinação é necessária, pois os níveis de anticorpos caem após a vacinação com o decorrer do tempo e a revacinação aumenta estes títulos, protegendo contra a gripe.
Além disso, muitas pessoas foram recentemente vacinadas apenas com a vacina H1N1 e não estão protegidas contra as 2 outras cepas virais, H3N2 e B. Topo

Não consegue acessar sua conta?

Preencha no campo abaixo com o endereço de email ou seu CPF/CNPJ que está cadastrado em nosso sistema. Dentro de alguns minutos sua senha estará chegando para você.

Os campos sinalizados são de preenchimento obrigatório. Email inválido
(somente números)

Não consegue acessar sua conta?

Em breve você receberá sua senha por e-mail.

Não consegue acessar sua conta?

Ocorreram problemas, tente mais tarde.

Senha alterada com sucesso.

Ocorreram problemas, tente mais tarde.

Os campos sinalizados são de preenchimento obrigatório.
Campos de senhas devem ser iguais.
(Apenas números)

Calendário de Vacinação do Prematuro

499kb Formato: PDF Download
Calendário de Vacinação do Prematuro

Calendário de Vacinação da Criança

507kb Formato: PDF Download
Calendário de Vacinação da Criança

Calendário de Vacinação da Criança

507kb Formato: PDF Download
Calendário de Vacinação da Criança

Calendário de Vacinação do Adulto e do Idoso

497kb Formato: PDF Download
Calendário de Vacinação do Adulto e do Idoso

Calendário de Vacinação da Mulher

499kb Formato: PDF Download
Calendário de Vacinação da Mulher

Calendário de Vacinação Ocupacional

506kb Formato: PDF Download
Calendário de Vacinação Ocupacional

Calendário de Vacinação 2009 - 2010 SBP

291kb Formato: PDF Download
Calendário de Vacinação 2009 - 2010 SBP